Naturopatia holística é uma área da medicina que usa o poder da natureza para cura. Esse sistema holístico permite os médicos naturopatas encontrem a causa da doença pela compreensão do corpo, mente e espírito de uma pessoa.  Seja por meio de nutrição, mudança de comportamento, fitoterapia, homeopatia e acupuntura.

Existem duas áreas de Naturopatia:

  • Habilidade de cura do próprio corpo;
  • Capacitação para fazer mudanças de estilo de vida.

Sendo assim, os médicos naturopatas realizam sessões curtas de tratamento da doença ou em condições crônicas. O principal objetivo desse método de cura é prevenir doenças e educar pacientes para um novo estilo de vida.

História da Naturopatia

Entre o século 18-19 foram rastreados os primeiros indícios da Naturopatia moderna como sistema de cura natural. Ele incluía hidroterapia, que é o tratamento de doenças realizados na água, e a cura da natureza baseado na utilização de alimentos naturais, ar, luz, água e ervas para curar enfermidades.

Em meados do ano de 1902, a Naturopatia foi levada pelo imigrante alemão Benjamin Lust, que foi o responsável pela fundação da Escola Americana de Naturopatia. Onde a escola pregava curas naturais, hábitos intestinais adequados e higiene correta para manter uma vida saudável.

Durante essa época a ingestão de fibras e redução de gorduras saturadas, foram os primórdios de uma dieta saudável.

No período entre 1920 a 1940, foi reduzido o uso da medicina Naturopata. Entretanto, foi no ano de 1960 que ela ficou bastante popular até nos dias hoje. Onde muitos naturopatas são licenciados para prestarem cuidado à nossa saúde, serviços como homeopatia e suplementos minerais, Medicina Tradicional Chinesa e até mesmo relaxamento e remédios à base de plantas, são alguns exemplos.

Quais são os seus benefícios?

O médico Naturopata é muito parecido com um médico de família, não há muitas diferenças discrepantes. Ele irá fazer perguntas de como está seu estilo de vida, o que você costuma comer, como é sua rotina, sua exposição ambiental e se você vive em bastante estresse diário.

Depois ele irá avaliar o seu físico verificando se há alguma contusão ou inchaço, e poderá pedir alguns exames laboratoriais. Bem como, solicitar técnicas de laboratório exclusivo em que haja uma análise mais profunda do sistema digestivo. Com essa análise, o Naturopata tem uma visão mais ampla do seu sistema digestivo e ver quais os nutrientes que estão sendo absorvidos, entre outras percepções.

Logo, os naturopatas costumam tratar o corpo humano como um todo, eles consideram diversos fatores para se chegar no diagnóstico de uma doença. Ele irá olhar o seu estado mental, emocional, espiritual, a sua alimentação e até mesmo sua vida pessoal e profissional.

Tratamentos comuns:

  • Acompanhamento nutricional: onde ele irá indicar quais os melhores alimentos que o seu intestino irá absorver;
  • Fitoterapia;
  • Medicina homeopática: esse sistema tem como objetivo desencadear o sistema natural do corpo de cura;
  • Acupuntura;
  • Tratamento de água (hidroterapia): ela inclui processos de beber água de nascente natural, tomar banho com ervas em temperaturas frias ou quentes, hidroginástica, que visam fortalecer o sistema imunológico;
  • Medicina física;
  • Desintoxicação: é uma terapia voltada para remover todas as toxinas do corpo pelo jejum, por meio de enemas e ingestão de água;
  • Espiritualidade: desenvolvimento espiritual da pessoa;
  • Mudança no estilo de vida e psicologia: Alguns usam a hipnose, imaginação guiada, além de outros métodos de aconselhamento para o plano de tratamento.

A Naturopatia pode curar:

  • Doenças crônicas e agudas da artrite;
  • Dores e infecções do ouvido;
  • HIV e asma;
  • Problemas de gastrite, entre outros do sistema digestório;
  • Insuficiência cardíaca;
  • Hepatite.

Entre outros tipos de doença que correspondem à Naturopatia e que podem ser tratadas pela cura natural. Além disso, uns dos seus principais objetivos é auxiliar o paciente a manter o equilíbrio de boa saúde. Logo, a Naturopatia é especialmente usada para o tratamento de doenças crônicas e agudas.           

Experimente a Naturopatia, faz bem.

Antes de tudo, avalie suas condições de saúde para abandonar o seu médico e tratar doenças com um Naturopata e deixe-o a par de todos os seus medicamentos convencionais que você toma atualmente. Alguns tratamentos se adequam uns aos outros, por isso contar para o Naturopata dos remédios que você vem tomando o ajudará na hora de estipular um tratamento para você.

Use apenas as quantidades de ervas passadas pelo seu Naturopata e não faça exageros. Além disso, analise as monografias sobre suplementos ou ervas para saber mais profundamente de seus efeitos.

Nos jovens, idosos e outros que se encontram em uma condição médica, como diabetes, é necessário conversar com um médico convencional e ver se ele aprova as mudanças na alimentação.

5 (100%) 3 votos

Escreva um Comentário